Adoração no Reino

This post is also available in: enEnglish nlNederlands

Recentemente, durante um período de adoração, olhei ao redor da sala e notei que os olhares nos rostos das pessoas pareciam muito sérios. Isso não fazia sentido para mim. Nós estávamos cantando sobre as nações amando e adorando a Yeshua para sempre em seu reino. Imaginar isso colocou um grande sorriso no meu rosto e eu queria que todos sentissem a alegria que eu estava sentindo. (Os níveis mais altos de alegria que experimento em uma determinada semana geralmente acontecem durante a adoração coletiva).

Novo Normal

Em seguida, uma imagem, que acredito que o Espírito Santo me deu, começou a formar em minha mente dos benefícios que recebemos como cidadãos do reino. Recebi uma visão de todos nós crendo em Yeshua para nossa salvação, nos arrependendo de nossos pecados, recebendo perdão e nova cidadania (Fp 3.20). Em seguida, cruzando a fronteira para o país (reino) de Yeshua, passamos para uma nova e incrível realidade. De trapos a riquezas eternas!

Pecado, doença, egoísmo, desesperança… não fazem mais parte da nossa herança. Entramos em um novo “normal” que inclui vida e vida em plenitude (João 10.10). Cura, amor, alegria, justiça, paz… são a nova norma no Espírito Santo (Rm 14.17).

Adoração Coletiva

Imaginando-me já dentro do reino de Yeshua, olhei em volta para aqueles que o adoravam junto comigo e via apenas rostos cheios de alegria. Expressões exuberantes de adoração eram normais. Rostos tristonhos e amargurados não existiam. Gritos de alegria e louvor foram acompanhados por danças ininterruptas de celebração ao rei.

Senti o Senhor dizer que não temos que esperar pela realidade do reino para adorar assim. Mas ele se deleita imensamente em nossa adoração ardente agora, no meio das provações desta vida. Essa simplicidade de criança na adoração move seu coração (Mt 18.3,4). O problema é que facilmente nos esquecemos da realidade do novo reino para o qual fomos transportados. As opiniões do homem, e as lutas com nossos desejos carnais e oposição demoníaca, podem facilmente sequestrar a plenitude de fé nos nossos momentos de adoração coletiva e pessoal.

Faça a Escolha

Engajar nosso livre arbítrio em adoração vibrante agora, nesta vida, é uma dinâmica singular e temporária. Um dia teremos corpos ressuscitados e não sentiremos a resistência que sentimos agora. A guerra em nosso corpo e alma chegará ao fim. Adorar o Rei será extremamente fácil e natural.

Portanto, minha palavra de encorajamento é: vamos nos imaginar dentro do reino de Deus agora e viver de acordo! Vamos nos conectar com a exuberante adoração acontecendo 24 horas por dia, sete dias por semana, em torno do trono de Deus no céu e trazê-lo para a terra. Esqueça o que os outros vão pensar ou dizer. Sua adoração não é um espetáculo para eles, mas é para um único espectador, a “audiência de um”.

Mesmo quando nos sentimos fracos, tentados ou como se tivéssemos nos levantado de pé esquerdo, ainda podemos optar por aproveitar ao máximo nossos tempos de adoração pessoal e coletiva, levando nosso sacrifício de amor e louvor a ele. Ele vai amar e lembrar essas decisões para sempre.

*Uma pequena dica para os dias em que você “se sente” triste e quer apenas ficar como espectador neutro durante a adoração: escolha sorrir enquanto canta. Não pare de sorrir até suas emoções começarem a surgir. Ao agradecer a Deus pelos benefícios que você tem como cidadão do reino, e escolher continuar firme até que as emoções negativas passem, você se coloca à disposição para um momento transformador de íntima conexão com o Rei!

Print Friendly, PDF & Email
By | 2019-06-09T23:07:56+00:00 May 29th, 2019|Uncategorized|0 Comments

Leave A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.