Alinhamento Global

This post is also available in: enEnglish ko한국어

[Extraído do capítulo 8 do livro “Alignment”: Global Alignment]

A identidade é um dos aspectos do alinhamento. Uma mudança de identidade está ocorrendo na Igreja internacional e no remanescente messiânico. A mudança é usar “nós” no lugar “eles”. Essa mudança de identidade é uma redefinição em certo grau da Ecclesia (ou um retorno à sua definição original). É a Igreja e Israel se identificando um com o outro. A Igreja sempre deveria se ver como uma extensão espiritual do povo de Israel. O remanescente messiânico deveria ver a Ecclesia internacional como sua “descendência” ou “progenitura”.

No Ajuntamento Global 822 (este número se refere a Zacarias 8.22) em Jerusalém de 2014, o Centro de Convenções Internacionais estava completamente lotado. Alguns dos irmãos árabes e judeus vieram até a plataforma principal juntos. Eu dirigi um tempo de arrependimento da comunidade messiânica em relação à comunidade de Árabes Cristãos. Nós os honramos como nossos irmãos. Confessamos que éramos “casados” uns com os outros pela aliança da fé em Yeshua.

Em seguida, David Demian chamou os irmãos árabes para corresponderem. Ele os conduziu numa declaração de fé como a que tem no livro de Rute: “Seu povo será o meu povo, e o seu Deus será o meu Deus”. Um vínculo de aliança foi formado. Um reposicionamento profundo começou a acontecer. Até aquele momento, eu pensava que o chamado de “Rute” era algo singular e excepcional para alguns poucos cristãos que Deus estava conectando ao povo de Israel. Ao ver todos esses líderes árabes assumindo esse compromisso, mudei meu ponto de vista. Se cristãos árabes podiam fazer isso, porque todos os outros cristãos também não o poderiam?

Eu percebi que o exemplo de Rute deveria ser uma norma para todos. Rute é um modelo para toda a comunidade da Ecclesia. Rute não deve ser uma exceção, mas sim a regra. Se Yeshua é ao mesmo tempo o Cabeça da Igreja e o Rei de Israel, então nós deveremos nos juntar e ser um só povo pela fé.

Em novembro de 2016, durante o Ajuntamento Global na Arena de Jerusalém, David Demian me perguntou se eu deixaria os irmãos samoanos me levantar em seus ombros no palco para oferecer simbolicamente uma coroa a Yeshua. Rapidamente, procurei por outra pessoa para fazer isso. David insistiu que eu o fizesse como um dos pais messiânicos na Terra Santa. Meus amados (e fortes) irmãos samoanos Sika e Vea me ergueram. Deram-me um modelo de uma coroa dourada. Eu me senti extremamente desajeitado e embaraçado, mas levantei a coroa como uma oferta para Yeshua enquanto todo o estádio declarava “Barukh Haba” como em Mateus 23.39. Meus braços ficaram pesados. Assim que os irmãos árabes perceberam que eu estava ficando cansado, eles correram para segurar meus braços. Alguns que eram de países mulçumanos arriscaram a própria vida só para estar no palco conosco. Eles disseram: “Este é o nosso papel: apoiar nossos irmãos messiânicos para convidar Yeshua para voltar em nome do Corpo de Cristo como um todo”. Houve um extraordinário alinhamento de cristãos de todo o mundo.

Tudo se encaixa em um quebra-cabeças formando uma imagem perfeita. Naquela noite na Arena de Jerusalém, vários representantes deste alinhamento tomaram suas posições. As peças estavam começando a se conectar. Podíamos sentir a presença de Deus no estádio. Juntos, erguemos a coroa de Yeshua para convidá-lo a ser nosso rei.

Peça uma cópia do novo livro de Asher Intrater “Alignment”

hoje e use o código LINEUP para obter 50% de desconto!
*Through November 25, 2017*

Order Now!
Print Friendly, PDF & Email
By | 2017-09-29T01:30:11+00:00 September 20th, 2017|Uncategorized|0 Comments

Leave A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.