Corações Atemorizados?

This post is also available in: English Français Deutsch Español 한국어 Nederlands Italiano 日本語 Čeština

Corações Atemorizados?

Extraído do livro (futuro lançamento) de Eitan Shishkoff: “With All Your Heart” (Com todo o seu coração)

O medo é um dos principais subprodutos da crise do coronavírus em todo o mundo.

Recentemente ouvi uma mensagem apaixonada do presidente de Israel, Reuven Rivlin. Ele suplicou aos cidadãos de Israel para não ter medo, não entrar em pânico e não ceder à ansiedade. Ele abordou o perigo muito real e presente em nossos corações de dar lugar, de algum modo, ao medo.

Mas como vamos governar nosso coração em tal clima de incerteza? Empresas e empregos foram duramente atingidos. Qual é a esperança para o futuro? Um jornalista israelense observou o quanto essa crise difere de todas as outras ameaças que já enfrentamos: “Os israelenses … não gostam de confessar que estão com medo. Mas eu estou com medo” (David Brinn, JPost, 16 de março de 2020).

[Enquanto falamos sobre temor, preciso observar primeiramente que existe um tipo saudável de temor que somos ordenados a adotar. É o temor do Senhor. É a consciência de que o poder e a autoridade de Deus são tão impressionantes que nos fazem sentir legitimamente medo das consequências do pecado, do mal e da rebelião. É o respeito com tremor e adoração que sentimos quando confrontados com a suprema majestade de Deus].

O tipo errado de medo é um problema que realmente precisamos enfrentar. Pode paralisar-nos mental e emocionalmente. Também pode nos estimular a nos levantar, verificar sua fonte e buscar a fé e o amor necessários para superá-lo. Como posso lidar com o tipo errado de medo quando entra no meu coração, de forma silenciosa, mas mortal?

  1. Saiba que o Príncipe da Paz está com você

Uma tempestade ameaçou afogar todos eles. A pequena embarcação que estava transportando os discípulos tinha pouca chance de sobreviver, já que um vento violento castigava o barco com fortes ondas sucessivas. Yeshua dormiu em meio à tempestade, estranhamente imperturbável. Eles o acordaram, desesperados pela sobrevivência.

“E ele, despertando, repreendeu o vento e disse ao mar: Acalma-te, emudece! O vento se aquietou, e fez-se grande bonança. Então, lhes disse: Por que sois assim tímidos?! Como é que não tendes fé?” (Mc 4.39.40)

A presença do Messias na situação deles mudou tudo. Lembre-se, Deus já garantiu que: de maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei” (Hb 13.5).

  1. Contra-Atacar o Medo com o Perfeito Amor

O apóstolo João sobreviveu ao óleo fervente, apenas para ser lançado sozinho na ilha de Patmos. No entanto, ele recebeu a maior revelação do amor de Deus que alguém já conheceu. João disse:

“No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Nós o amamos porque ele nos amou primeiro” (1 Jo 4.18-19).

Quando somos atacados pelo medo, é hora de correr para os braços de nosso Pastor e Salvador.

  1. Durante a tribulação, olhe para o alto!

Eventos do fim dos tempos já se manifestam, conhecidos na Bíblia como sinais da volta do Senhor.

“E haverá grandes terremotos em vários lugares, e fomes e pestilências; e haverá visões assustadoras e grandes sinais do céu … Agora, quando essas coisas começarem a acontecer, olhe para cima e levante a cabeça, porque a sua redenção se aproxima” (Lc 21.11-28).

Não devemos fechar os olhos ao sofrimento humano nem entrar em colapso de estresse devido ao medo. Yeshua deixa claro que essas coisas virão e que teremos de enfrentá-las, mas que apontam para o seu retorno final, quando ele trará paz e bênção para toda a terra. Portanto, durante esses tempos difíceis, com ameaças cada vez maiores à própria vida, tenhamos certeza de que ele está conosco, e peça-lhe que nos use na vida daqueles que estão sofrendo ao nosso lado.

“E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século” (Mt 28.20).

“Não temais, ó pequenino rebanho; porque vosso Pai se agradou em dar-vos o seu reino” (Lc 12.32).

Print Friendly, PDF & Email
By | 2020-05-30T16:38:32+00:00 May 30th, 2020|Uncategorized|Comments Off on Corações Atemorizados?