Introdução às Equipes Ministeriais Apostólicas

This post is also available in: enEnglish frFrançais ko한국어

A idéia da restauração de equipes ministeriais apostólicas ao redor do mundo suscita um certo grau de polêmica; ainda mais sendo a de uma equipe ministerial apostólica messiânica aqui em Israel. Considere algumas reflexões no que tange o tópico:

  1. Igrejas do NT – 100% das igrejas mencionadas no Novo Testamento eram conectadas à uma equipe apostólica. E hoje?
  2. Jerusalem – 100% daquelas redes apostólicas eram conectadas à comunidade judaica messiânica em Israel e Jerusalém. Por quê?
  3. Reino – Os apóstolos em geral, e particularmente em Israel, mantinham a visão da vinda do reino de Deus sobre a terra, tendo capital em Jerusalém. Sem esta conexão, as igrejas teriam tido unicamente uma visão de “Ecclesia”, sem um claro entendimento da Segunda Vinda e Reino Milenar.
  4. Batalha Existe uma intensa batalha espiritual conectada à restauração apostólica messiânica. O contexto da descrição de Paulo sobre a batalha espiritual em 2 Coríntios 10:5 é o da controvérsia acerca do seu ministério apostólico, tomando quatro capítulos inteiros, 2 Coríntios 10 a 13.
  5. Autoridade Uma das questões subjacentes é a autoridade espiritual. Seria mais fácil ter congregações sem qualquer presbitério, apenas um tipo de comunhão igualitária. No entanto as escrituras descrevem claramente o papel dos presbíteros. Seguindo a mesma linha de raciocínio, seria mais fácil ter apenas congregações pastoreadas, sem qualquer envolvimento com ministério apostólico ou profético. A maioria das congregações é assim hoje.
  6. Equipe de Trabalho – A fim de se ter uma equipe de trabalho, é necessário haver uma consciência dos diferentes papéis para os diferentes tipos de líderes. As escrituras descrevem ao menos 5 funções: apóstolo, profeta, evangelista, pastor e mestre (Efésios 4:11). Se todos tentarem ser um pastor, haverá competição e divisão; o pastor terá que exercer todas as 5 funções sozinho; e ficará cansado, solitário e frustrado.
  7. Ação Muito da ação do ministério no Novo Testamento veio de equipes apostólicas: primeiro Yeshua e Seus doze apóstolos nos evangelhos; então Pedro e a primeira congregação em Jerusalém; e então Paulo e sua equipe de plantio de igrejas. O próprio Yeshua é o sumo apóstolo (Hebreus 3:1) e o primeiro a iniciar uma equipe apostólica (Lucas 6:13).

 

 

Print Friendly, PDF & Email
By | 2016-08-04T00:00:00+00:00 August 4th, 2016|Sem categoria|0 Comments

Leave A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.