Padrão Repetitivo de Israel

This post is also available in: enEnglish

Padrão Repetitivo de Israel

Ao longo do livro de Juízes, há um padrão claro que acredito ainda se repetir hoje. Funciona da seguinte forma:

Depois de sair do Egito, o povo de Israel começou a conquistar a terra de Canaã (Israel) e a se estabelecer nela. Por não obedecerem totalmente ao Senhor, destruindo a idolatria na terra, eram seduzidos por ela. Faziam mal aos olhos do Senhor Deus de seus pais, prostrando-se e servindo aos deuses dos povos cananeus. Isso enfurecia o Senhor e, assim, ele os entregava nas mãos de saqueadores e os vendia na mão de seus inimigos como escravos.

Fundo do Poço

A impotência e a aflição deles acabavam fazendo com que se voltassem para o Senhor e implorassem por libertação. O Senhor tinha misericórdia e levantava um juiz ou profeta, e este os livrava das mãos de seus inimigos. No entanto, quando o juiz ungido morria, o povo mais uma vez se revertia aos seus caminhos idólatras e até mesmo se comportava de maneira mais corrupta do que seus pais (Juízes 2.11-23). Então o padrão se repetia novamente.

Às vezes, havia anos ou décadas de paz e tranquilidade entre Israel e seus vizinhos. Em outras ocasiões, os inimigos de Israel conseguiam tomar de volta a posse da terra que Israel havia conquistado (Juízes 3.13), e às vezes deixavam Israel à beira da fome, devorando sua produção agrícola (Juízes 6.1-7).

O sucesso ou fracasso de Israel sempre esteve ligado à condição de coração de seguir totalmente ao Senhor ou não. Quando eles se desviavam dos caminhos do Senhor, ele se voltava contra eles. Quando obedeciam e seguiam ao Senhor, nada conseguia resistir-lhes (Juízes 7). O arrependimento nacional trazia a presença de Deus, paz, prosperidade e posse mais completa da terra.

Apenas Uma Solução

Esse padrão ainda parece estar se repetindo no Israel de hoje. Atos de terrorismo e ataques às fronteiras de Israel vêm em ondas sucessivas. Eu acredito que Deus esteja permitindo essas coisas a fim de chamar a atenção de seu povo. Sim, podemos certamente apontar o dedo para o Diabo, o antissemitismo, o islamismo radical e uma série de outros espinhos no lado de Israel como as causas do incômodo, mas não representam o quadro completo. Até que haja arrependimento nacional e Israel se volte para Yeshua para buscar tanto a salvação espiritual quanto a física, eu não prevejo que os inimigos de Israel se afastem tão cedo..

Israel não precisa de um exército melhor para parar as pipas incendiárias, os foguetes e os túneis de terror. Em vez disso, é preciso que seus corações se voltem totalmente para o Deus de seus pais e para seu Filho Yeshua.

Felizmente esse arrependimento de coração foi profetizado (Zacarias 12; Ezequiel 36)! Todo Israel será salvo quando clamar por seu único Juiz / Profeta / Messias que pode salvá-los (Romanos 11; Mateus 23.39). Yeshua responderá a esse chamado e derrotará todas as nações que atacarem Israel (Zacarias 14). Ele então se sentará no trono de Davi como o eterno Rei de Israel e restaurará paz e prosperidade, não apenas em Israel, mas em toda a Terra (Isaías 2).

Atalaias, Não Fiquem em Silêncio!

Orar para que Israel se arrependa e se volte para Yeshua como uma nação é da mais alta importância e prioridade (Romanos 10.1). Não nos cansemos de ficar na brecha por este povo que foi restaurado à sua terra, mas está sob ataque constante e ainda não foi restaurado ao seu Deus.

Print Friendly, PDF & Email
By | 2018-11-03T14:48:58+00:00 October 17th, 2018|Uncategorized|0 Comments

Leave A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.