Sete Modelos de Equipes Apostólicas

This post is also available in: enEnglish frFrançais deDeutsch ko한국어

Grande parte da atividade espiritual na Bíblia vem do trabalho de equipes apostólico-proféticas. Encontrei sete tipos de equipes apostólicas que podem servir de modelo para nós hoje.

  1. Grupo de Evangelistas – o grupo original dos doze discípulos de Yeshua não profetizava muito nem dava início a congregações. Eles compartilhavam o Evangelho (e curavam os doentes). Isso acontecia com o grupo de apóstolos sob a liderança de Simão Pedro como vemos em Atos 1 a 12. Judeus para Jesus (uma organização de judeus messiânicos) nos dá um exemplo de equipes evangelísticas multiplicadoras.
  2. Grupo de Profetas – No antigo Israel, profetas como Samuel, Elias e Eliseu lideravam grupos de profetas “aprendizes” mais jovens (1 Samuel 10.5). A primeira equipe de apóstolos começou orando e profetizando juntos (Atos 1.14, 2.17). É provável que um grupo de jovens visionários tenha se ligado a João e se tornado seu grupo profético. IHOP-KC tem sido uma fonte para outras casas de oração ao redor do mundo.
  3. Congregação Mãe – Em Atos 13, havia mestres e profetas na congregação de Antioquia. Eles enviaram Paulo (Saulo) e Barnabé. Eles se tornaram a base de suporte para a equipe de Paulo e outros. A congregação em Jerusalém era a mãe de todas as congregações com base apostólica. Beth Yeshua (Filadélfia) e Tents of Mercy
    [Tendas de Misericórdia] (Haifa) são exemplos de congregações messiânicas que se multiplicaram em outras.
  4. Escola de Treinamento – Em Atos 19, vemos Paulo ensinando todos os dias na escolar de Tirano. A escola era mais do que um simples centro de ensino. O formato de ensino fornecia uma base para espalhar a mensagem do reino de Deus por toda a área da Ásia Menor (Atos 19.10). As escolas bíblicas modernas, tais como JOCUM, CFNI (Cristo para as Nações), Gateways, ICOB e MJBI são centros apostólicos para expandir o reino.
  5. A Equipe de Paulo – Um grupo de pessoas começou a se reunir ao redor de Paulo como equipe de apoio. Alguns deles eram líderes em treinamento, alguns eram apóstolos auxiliares de Paulo, outros ajudantes, secretários, organizadores, etc. Tito se tornou um apóstolo no lugar de Paulo. Caio copiava as cartas de Paulo. Eles serviam como o grupo organizador de uma equipe de plantação congregacional. Por doze anos, a equipe do Revive Israel tem operado de acordo com esse modelo.
  6. Os Cinco Ministérios – Assim como a equipe de Paulo cresceu a partir do estágio de ser essencialmente o seu grupo pessoal até se tornar líderes maduros e com suas próprias equipes, surgiu o padrão de uma equipe de liderança apostólica composta por cinco tipos diferentes de chamado. Efésios 4.11 os descreve como sendo: “apóstolo, profeta, evangelista, pastor e mestre”. Estamos muito satisfeitos em ver grande parte da nossa equipe do Revive Israel se tornando líderes no nível de Efésios 4 por seus próprios méritos.
  7. Conselho de Aconselhamento Sênior – Em Atos 15 vários líderes seniores, incluindo Pedro, Paulo e Jacó (João), se reuniram para forjar estratégias, estabelecer políticas e resolver disputas. Não havia um “papa”, mas um grupo de líderes em submissão mútua, diálogo e oração. Temos esse tipo de relacionamento em nossa equipe de aconselhamento sênior em Tikkun International, com Dan Juster, Eitan Shishkoff, Paul Wilbur e David Rudolph.

Que esses modelos bíblicos possam nos ajudar a produzir mais frutos à medida que buscamos servir ao Senhor nesta geração!

Print Friendly, PDF & Email
By | 2016-11-03T00:00:00+00:00 November 3rd, 2016|Sem categoria|0 Comments

Share This Story, Choose Your Platform!

Leave A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.